Jornal Gazeta Regional

AstraZeneca quer elevar produção de vacinas para 200 milhões de doses mensais até abril

AstraZeneca quer elevar produção de vacinas para 200 milhões de doses mensais até abril

Imagem de capa
Brasil 61
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A farmacêutica AstraZeneca comunicou que pretende produzir mais de 100 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 em fevereiro. Além disso, a empresa espera elevar a capacidade de produção do imunizante — fabricado em parceria com a Universidade de Oxford — para mais de 200 milhões de doses por mês até abril. 

Um grupo de especialistas disse que a vacina da AstraZeneca deve ser administrada em duas doses, com um intervalo de cerca de 8 a 12 semanas entre a primeira e a segunda, além de poder ser utilizada em pessoas com 65 anos ou mais. 

Vacinômetro: bancos de dados permitem acompanhar cobertura vacinal contra Covid-19 em todo o País

Primeira vacina nacional contra Covid-19 está sendo desenvolvida pela UFMG

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a vacina é segura e eficaz contra o novo coronavírus, mesmo em países onde a variante sul-africana do vírus possa, eventualmente, reduzir a sua eficácia. 



Fonte: Brasil 61

  • COMPARTILHE

AstraZeneca quer elevar produção de vacinas para 200 milhões de doses mensais até abril

16/02/2021 06:40


A farmacêutica AstraZeneca comunicou que pretende produzir mais de 100 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 em fevereiro. Além disso, a empresa espera elevar a capacidade de produção do imunizante — fabricado em parceria com a Universidade de Oxford — para mais de 200 milhões de doses por mês até abril. 

Um grupo de especialistas disse que a vacina da AstraZeneca deve ser administrada em duas doses, com um intervalo de cerca de 8 a 12 semanas entre a primeira e a segunda, além de poder ser utilizada em pessoas com 65 anos ou mais. 

Vacinômetro: bancos de dados permitem acompanhar cobertura vacinal contra Covid-19 em todo o País

Primeira vacina nacional contra Covid-19 está sendo desenvolvida pela UFMG

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a vacina é segura e eficaz contra o novo coronavírus, mesmo em países onde a variante sul-africana do vírus possa, eventualmente, reduzir a sua eficácia. 



Fonte: Brasil 61

Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível .'.